terça-feira, 23 de setembro de 2008

Denúncia de maus tratos...

De novo! Um noticiário está mostrando uma mãe em Recife - escondendo o rosto não sei o porquê - que denunciou uma babá por comprovados maus tratos à uma menina de dois anos. No vídeo, que a mãe forneceu à polícia depois de contratar um sistema de vigilância interna, a tal babá (na verdade uma serviçal sem a menor qualificação) bate, puxa os cabelos, ergue pelo braço e - pasme! - fura a perna da criança com um palito de dente. Depois de demitida, agora a sujeita está foragida. Puxa, vida...

Onde já se viu denunciar à polícia uma pessoa dessas? Oumaigódi, o que tem na cabeça dessa mãe? A criança tem pai? Tem tio? Avô? Ou pelo menos, caso a mãezinha viva sem marido, não haverá um amigo mais chegado que tenha estima pela família?

O tio Xavier nunca admitiria uma denúncia contra alguém que maltatasse uma criança de minha casa, um idoso, nem sequer um animal doméstico, incluindo os peixes do meu aquário. Não, isso não é motivo para se denunciar. Eu socaria a boca até que não restasse um centímetro de gengiva para dar suporte a um implante, enfiaria um cabo de enxada por um lugar escuso até que saísse pela boca e por fim, tapearia o switch da porta do microondas para poder cozinhar a cabeça desse ser.

Depois chamaria a polícia e simularia uma possessão de exu, fazendo um discurso sobre o que merecem seres que maculam e maltratam indefesos, independente da espécie desses. Duvido e faço pouco que qualquer juiz criminal teria argumentos para me condenar.

Denúncia? Tá bão, viu...

2 comentários:

Carla Martinez disse...

Apoiadooooooooooooo!!! Quem sabe assim essa covardia parasse de vez...
Beijo!!!

Gerson disse...

Eu apresentaria o esfíncter da moça ao cano do meu Taurus.