sábado, 20 de setembro de 2008

O império de Satã

Fazia quase uma década que pelo menos duas das três TVs da casa do tio estavam inativas. Foi quando caiu um raio na antena e o tio entendeu como uma mensagem de Alá, para eu proteger minha família contra o império de Satã. Na ocasião mantive apenas o aparelho da sala em operação parcial e quando não chovia era possível discernir alguns personagens em meio aos chuviscos. Como não canso de dizer e todos já sabem a TV aberta é uma merda, então não havia razão para restaurar o funcionamento. A TV por assinatura é uma merda mais sofisticada. Tem alguns canais informativos e às vezes passa algum filme bom que se reprisa por 403983 vezes nos meses seguintes. Custa uns bons trocados por mês; "despesa fixa" como classifica-se na Administração Clássica. Por isso eu me recusei toda vida a bancar essa brincadeira.

Meu exemplar e já bem-sucedido enteado, formado e ganhando mais que o tio (o que até um catador de papelão consegue) já tem autonomia para diversas coisas. Nunca pede um real para o padrasto nem para a darling. Ao contrário, já assume alguma despesa da casa e com freqüência deixa cédulas na bolsa da mãe. Um exemplo e você que tem filho proto-delinqüente mooooooorra de inveja.

Ocorre que o caro jovem contratou a TVA para a casa do tio. Do dia pra noite, cheguei em casa e vi toda a família assistindo TV, cada um em um cômodo, como cabe a uma família moderna. Enfim o império de Satã conseguiu adentrar a casa da família do tio. Agora produções dos pecadores hollywoodianos que pregam o evangelho infernal do consumismo, o sucesso a qualquer custo, a infidelidade e do desprezo pelo semelhante, invadem todos os dias a sala e os quartos casa. Desenhos de bonecos abobalhados (que têm por missão neutralizar os neurônios das poucas crianças inteligentes) passarão a estrelar nos horários em que a cria assiste TV. Estou impotente diante da situação e já considero protagonizar um ataque-bomba à minha própria casa, como única forma de garantir a salvação da minha família.

Mas tudo que é ruim pode piorar. Já faz uma semana que o técnico da TVA, um tiozinho calvo e gorducho, não sai daqui de casa. Traduzindo: a merda da tecnologia dos caras não tá funcionando direito e as imagens vira e mexe congelam, eventualmente junto com o áudio. Num dia ele vem e troca os decodificadores, no outro as fontes de alimentação, no outro o filtro de sinal, no outro os cabos e por aí vai. Me lembrei de uma propaganda, na qual o técnico vai morar com a família, porque a TV deles o só dá problema. Acho que vai sair uma nova versão. Aqui na casa do tio.

Jihad já! Pela destruição de todas as emissoras pecadoras! Viva a Al Jazeera!

2 comentários:

Gerson disse...

Eu pensei que eu fosse o único ser humano do universo que fazia esta jihad contra as emissoras de TV em geral ! Aqui em casa, só DVD e olhe lá. Não tenho antena, não compro parabólica e não assino TV a cabo. Youtube existe para vermos a TV que tivermos vontade. Jornal é bobeira, se temos os maiores veículos de comunicação on-line 24 horas. A televisão serve pra quê, pras minhas filhas aprenderem que mostrando a bunda se ganha dinheiro? Tou fora.

Bloody Mary disse...

Aproveite que o seu enteado tá afim de gastar os tostões e peça para ele instalar a Al Jazeera Kids. Passa em Paris, que eu vi com esses olhinhos que Deus me deu!